The cake is a lie.

Queridos leitores, este não é um review, é mais uma reflexão sobre minha experiência com Portal.

Na noite de quinta comecei a jogar Portal, fechando o mesmo no dia seguinte. Foram cerca de 4 deliciosas horas de tensão, diversão e uma sensação de “Mas que droga é essa?” Não necessariamente nessa ordem. Vou tentar não vou fazer um review de portal pois já falaram um bocado sobre ele por aí, vou apenas dar minha opinião sobre o jogo de maneira diferente.
Acho que leram minha mente de alguma forma na hora de fazer um jogo desses. Eu sou daquelas pessoas que utiliza métodos, digamos, alternativos pra passar de uma certa parte de um game. Gambiarras mesmo, sabe? Ficar bem na pontinha do cenário pra escapar de algo, dar um jeito de empilhar objetos esquisitos pra alcançar alguma coisa, pular no meio de alguma coisa no pequeno intervalo de tempo que algo fica aberto só pra saber se tem algo diferente lá dentro, etc.
O jogo funciona em grande parte dessa maneira, algo como “Te vira, meu filho. Te dei as ferramentas que vão te ajudar, agora é só se virar.” e isso que é interessante. Um desafio verdadeiro, pois você tem que analisar os cenários minuciosamente, às vezes para encontrar uma parede lá longe ou mandar uma bola de energia pra outro lugar e fechar o caminho de volta o mais rápido possível antes que você possa dizer “Pneumoultramicroscópicossilicovolcanoconiótico” (Ok, essa foi péssima, dá um desconto.)


(imagem descaradamente roubada, eu sei.)

Outro fator importantíssimo do jogo é a idéia de não lhe dar armas. Você tem portais, pronto. Você tem que usar as armas do inimigo contra eles mesmos e às vezes dar um jeito de fazer as armas deles cooperarem com você. É genial! Sem contar a atmosfera criada com as partes dos cenários que não deveriam necessariamente aparecer, ou a dúvida deixada se você deve ou não fazer o que lhe mandam.

 

Sou totalmente fã desses jogos que testam sua capacidade de raciocínio rápido e como você reage diante de um problema aparentemente impossível. Ok, o jogo não é tão difícil, foram poucos os cenários que tive de repetir por dificuldade para encontrar a solução ou por falta de atenção. Boa parte das vezes foi mais por burrada minha ou algum erro de cálculo de distância/tempo.

Definitivamente, o jogo proporciona uma experiência deliciosa e sua curta duração deixa vontade que haja uma continuação para o jogo. O que pode até ocorrer, mas é improvável.

 

E quando você jogar, assista até o fim e ouça a musiquinha, que já tem até homenagem do VGCats (vide link) =D

8 respostas para The cake is a lie.

  1. Eddie disse:

    Putz ainda quero jogar isso, ainda quero arranjar o Orange Box e além disso ai tbm tem o Team Fortress 2.

  2. Sardo disse:

    Hm. Parece legal.
    Mas acho que só jogando mesmo pra saber. =P

  3. Marcos Diniz disse:

    Não joguei ainda, alias não tenho este jogo, apesar de ter todas as versões de Half life.

    Deu vontade de jogar pô!

    Flw

  4. Arthas disse:

    Esse jogo é muito boooom xD..
    até parece que meche com a sua cabeça…
    E a continuação da história do portal se dará em half-life 2 episode 3 =P

  5. Cindy disse:

    No VGCats é a msm musica original?
    Pq, putamerda, que música CHATA, não aguentei ouvir mais do que uns 30s.
    O jogo parece mais interessante do que a música, ainda bem :p

  6. Só pra constar:
    A música se torna legal depois de jogar HAHAHAH

  7. Cantarzo disse:

    A música do fim do jogo (Still Alive) só pode ser apreciada e interpretada depois que você terminar o jogo todo.Aí vc já conhece o GLaDOS o suficiente pra amar a música xD

  8. desdesman disse:

    “Definitivamente, o jogo proporciona uma experiência deliciosa e sua curta duração deixa vontade que haja uma continuação para o jogo. O que pode até ocorrer, mas é improvável.”

    HAHAHA, the cake is a lie!!!

    Portal 2!!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: