Você lembra? Splatterhouse.

Resident Evil? Silent Hill? Pfff… Fichinha! Survival Horror Hardcore mesmo é Splatterhouse!

Monstros, Corpos mutilados, sangue, música tensa e brutalidade. Esses são os principais fatores que formam um dos fundadores, senão O fundador do estilo Survival Horror.

SplatterHouse, nascido em 1988 como um beat-em-up/horror de Arcade da Namco que depois migrou para os consoles (Master System, Mega Drive, etc.)

O jogo foi o primeiro a ter o tal do “Parental Advisory” (Rated 13+) devido à violência presente no jogo e com destaque especial para o chefão da quarta fase: Uma cruz invertida (cuja imagem infelizmente não consegui encontrar, nem tive capacidade cof, cof, tempo de chegar lá para tirar screenshot)

Enfim, durante o jogo, você enfrenta uma mansão atolada de monstros em cada sala. Para passar à próxima sala, deve derrotar todos os monstros presentes na mesma para que as portas se abram até chegar ao chefe (um X no mapa.)

O pesadelo se passa na West Mansion, apelidada de Splatterhouse. Um local onde de acordo com rumores, um parapsicólogo (Dr.West) realizava experimentos bizarros até o dia que misteriosamente desapareceu. Dois universitários, Rick Taylor (o protagonista) e Jennifer Willis, sua namorada (o motivo da história) foram visitar a mansão para um trabalho acadêmico e foram se abrigar lá dentro, devido a uma misteriosa tempestade.
Lá dentro os estudantes são atacados por criaturas estranhas e Rick é nocauteado enquanto Jennifer é sequestrada. Rick ao acordar, percebe que há uma máscara presa a seu rosto, a Terror Mask, uma máscara cerimonial maia de sacrifícios, que diz que o ajudará a resgatar sua amada, graças à força descomunal que a máscara proporciona.

O clima do jogo é totalmente macabro, com uma história digna de um bom filme de terror/ação e a história se desenvolve bem ao longo das fases. Os inimigos também variam bastante, desde mãos mutiladas MUITO chatas, que ficam pulando em Rick, até algo semelhante a um bebê enforcado.

Splatterhouse é uma trilogia muito bem sucedida, bastante tensa e desafiadora e conseguiu me proporcionar alguns pesadelos (comecei a jogar aos 4 anos de idade) e momentos divertidos, apesar do clima desesperador do jogo. O personagem Rick foi até homenageado no jogo Kid Chameleon (vide imagem abaixo)

Só pra constar, a primeira frase do post foi de caráter puramente provocativa, pois eu adoro Resident Evil e Silent Hill, mas se a frase fez você chegar até aqui, então funcionou =D

Falando nisso, dêem suas opiniões e falem sobre os jogos que te fizeram perder o sono na infância, seja pelo clima ou pela dificuldade.

6 respostas para Você lembra? Splatterhouse.

  1. Lucas disse:

    Cara, eu joguei isso no dreamcast, no emulador de mega HAHAHAHAHAHAHA
    tinha inimigos muito chatos.. tava tao puto que nao cheguei no final =.=

    mas eh mto bom HAHAHAHA

  2. Sardo disse:

    Quando joguei, não fiquei com tanto medo.. mas deu um gelinho. xD
    Muito bom mesmo. ^^

  3. Rodrigo disse:

    Acho que alguem andou vasculhando o NGM Online…

  4. Youta disse:

    Nope. Peguei o resumo básico da história na Wiki (já que a história não é contada no jogo), adicionei coisas de gameplay pessoal e catei imagens no google.

  5. Gabriel disse:

    nossa muito bom o jogo (nao tive a oportunidade de jogar o 1) tive que dormir por 1 mes de luz aceza so no 1º dia imagina emtao quando zerei

  6. Maxwell Barbosa Mdeiros disse:

    Cara, eu já joguei o 2 e o 3 no mega e curti muito. Tô doido pra ver se consigo a versão pra arcade ou do turbografix pra jogar em emulador.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: