Você Lembra? Streets of Rage

No “você lembra?” de hoje, falarei sobre um clássico memorável do Mega Drive: Streets of Rage 2.

Falarei brevemente sobre o primeiro jogo para que não fiquem perdidos.

Jogo no estilo Beat’em up, lançado em 1991 pela Sega, com a empolgante trilha sonora criada por Yuzo Koshiro, envolvente e empolgante do início ao fim, com uma história razoavelmente bem-elaborada, digna de um filme de ação a nível de “O Justiceiro”
A história se passa em uma cidade próspera, ativa e cheia de vida caiu nas mãos de uma grande organização criminosa, que conseguiu manter a identidade de seu líder em segredo e comprou a lealdade e o silêncio de políticos e até da polícia, salvo por poucos policiais que tentaram em vão manter a integridade da cidade, mas eram silenciados por seus superiores.

Até que três policiais cansaram de ver o caos diário em sua cidade e largaram das forças policiais para tentar mudar o destino de seu lar, custando o que custar. Adam Hunter, Axel Stone e Blaze Fieldin, ex-agentes da polícia altamente treinados e habilidosos fariam justiça com as próprias mãos.

Os heróis seguem seu caminho pela cidade, enfrentando os mais variados inimigos nos mais diferentes cenários, de centro da cidade a prédios fechados e luxuosos ou balsas recheadas de bandidos. Na seqüência final do jogo, os agentes lutam contra o líder da organização criminosa, conhecido como Mr. X (clichê, eu sei.)
Após (supostamente) matarem-no, encontram-se com um policial que os ajuda esporadicamente durante o jogo, com tiros de bazuca e vão para casa, rumo à reconstrução de sua cidade.


(O segundo jogo inicia com a mesma imagem)

Streets of Rage 2

Um ano após a batalha, a cidade estava novamente em paz. Porém, Mr. X, cujo acreditavam estar morto, retornou mais forte que nunca, desta vez com um exército muito mais poderoso. Sedento por vingança, Mr. X sequestrou Adam, um dos integrantes do primeiro jogo. Para resgatá-lo, os personagens Axel e Blaze chamaram o irmão mais novo de Adam, Skate (Adolescente “cool” na época, com seu boné e seus patins) e Max, um lutador grande e forte (No melhor estilo Haggar).

O jogo é bem feito e rico em detalhes para sua duração e assim como o anterior, sua trilha sonora é ótima e o jogo cria uma variação interessante de fases, passando de empolgação, à tensão, ao êxtase do fim. (O jogo dura cerca de uma hora, para um jogo de luta é um bom tempo. Além do mais, há o modo para dois jogadores se enfrentarem.)
Cenários urbanos, bares, campos de baseball, parques temáticos de terror, navios, ilhas e vários outros cenários compoem a atmosfera mágica que o jogo cria. Sem contar os inimigos, que variam de punks, clássicos do primeiro jogo, a ninjas, lutadores, aberrações e robôs.

Não farei spoilers sobre o jogo, mas posso dizer que é um “Must Play” para todos os amantes – ou não – do gênero. Garanto que será uma experiência agradável do início ao fim.

Aqui, novamente o link para o Gens, necessário para emular os jogos Streets of Rage 1 e Streets of Rage 2. Vale reforçar que recomendo utilizar o jogo original ao invés do pirata, porém, é difícil encontrá-lo. Em todo o caso, é legalmente permitido utilizar o pirata durante 24 horas.

Falando nisso, não citarei a terceira versão do jogo, pois considero uma tentativa em vão de reproduzir o sucesso de seus anteriores.

EDIT: O Senile Team fez uma homenagem aos jogos do estilo, utilizando clássicos dos jogos de luta. O nome do jogo é Beats of Rage e é grátis para download. Vale a pena conferir! (Créditos ao John pelo reminder =D)

9 respostas para Você Lembra? Streets of Rage

  1. Arthas disse:

    Cara, mto legal! Pena que faltou falar do beats of rage =D

  2. Youta disse:

    Problema resolvido ;D

  3. Sardo disse:

    Não era lá meu jogo favorito do Mega sabe? Mas eu jogava de vez em quando..
    O mais legal era chamar a polícia quando a cituação apertava.
    Ae vinha aquele tiro de sei lá o que que pegava em uma área grande e ajudava bagaray! =P

    Nice!

  4. Esse jogo eu joguei muuuito! Acho que detonei ele umas três vezes no console e umas duas no emulador. Sensacional!

  5. gaiden disse:

    cara, esse jogo era tesão demais *_*
    bateu a vontade de jogar, vou baixar \o/

  6. Eddie disse:

    Cara esses jogos são muito PHODAAAAAS!

    Tipo o Streets of Rage 3 a versão americana é uma bosta mas a versão japa é ótima. Só que foda de versão japa é que não da pra entender bulhumfas da história. xD

    Ahhh e tbm teve uma equipe de fãs chamada Bomber-games que fez um joguinho homenagem chamado Streets of Rage Remake que por sinal é muito bom, se eu achar o link eu te mando.

  7. Kbum disse:

    aeeeeeeeeeeee jogo preferido do Kbum pra mega drive!! tem uma versão remake fanmade muito boa na comunidade do orkut.. simplesmente mesclando as fases, mas mesmo assim, diverte. Merecia continuação pro Wii. E perdão, mesmo que Final Fight tenha vindo antes, eu ainda sou beeem mais SoR. E o max nao tem nada de Haggar. só é o fortão, mas acho q iadeia de personagem é beeem diferente, poxa. E vá lá.. o terceiro é divertido tb… tem ate finais alternativos! xD

  8. Esse jogo é um clássico da era 16 bits. Essa versão Beats of Rage eu considero a versão arcade que deveriam ter lançado!

    Bela análise!

  9. galsia disse:

    meu jogo favorito.lembro-me dos piores chefões que já enfrentei as “mulé do barco”(SOR 1)e o poderoso r. bear no 2.sem dúvida o melhor jogo de todos os tempos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: